Vasco domina seleção do Brasileirão e Neymar é eleito craque do campeonato


Os jogadores de clubes cariocas dominaram o Prêmio Craque Brasileirão, entregue pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) aos destaques da temporada no torneio nacional. Vasco, com três jogadores e mais o técnico (Cristóvão Borges e Ricardo Gomes dividiram essa conquista), Botafogo, com dois, e Flamengo e Fluminense, ambos com um, montaram mais da metade dos 11 atletas ideais da competição.

O Corinthians, campeão da temporada, só conseguiu emplacar o seu grande sucesso nos últimos anos: a dupla de volantes Ralf e Paulinho formaram o meio-campo ao lado de Diego Souza, do Vasco, e Ronaldinho Gaúcho, do Flamengo.

A zaga teve mais quatro de seus membros vindos do estado fluminense. O goleiro foi Jefferson, do Botafogo, que teve seu companheiro Cortês na lateral esquerda. Os vascaínos Dedé e Fágner marcaram presença. Réver, do Atlético-MG, foi o único intruso na lista.

No ataque, o santista Neymar, também eleito o grande craque do torneio, formou a dupla com Fred, que ganhou do artilheiro Borges na disputa para melhor segundo homem de frente. Welington Nem, do Figueirense, ganhou o prêmio de revelação do Brasileirão.

Entre os técnicos, o prêmio acabou indo para Cristóvão Borges e Ricardo Gomes, que comandaram o Vasco durante o Campeonato Brasileiro. O primeiro continuou à frente do Gigante da Colina quando Gomes sofreu um acidente vascular cerebral (AVC), no clássico do primeiro turno ante o Flamengo.

Tite, do campeão Corinthians, ficou em terceiro, atrás também de Jorginho, sétimo colocado com o Figueirense. Já o gaúcho Leandro Vuaden foi o escolhido como melhor árbitro. Por fim, ainda houve uma homenagem pelos mil jogos de Rogério Ceni no São Paulo.

Confira abaixo os melhores do Brasileiro:

Goleiro:

1º – Jefferson (Botafogo)
2º – Fernando Prass (Vasco)
3º – Julio Cesar (Corinthians)

Lateral direito:

1º – Fágner (Vasco)
2º – Mariano (Fluminense)
3º – Bruno (Figueirense)

Zagueiro pela direita:

1º – Dedé (Vasco)
2º – Antônio Carlos (Botafogo)
3º – Rhodolfo (São Paulo)

Zagueiro pela esquerda:

1º – Réver (Atlético-MG)
2º – Leandro Castán (Corinthians)
3º – Emerson (Coritiba)

Lateral esquerdo:

1º – Cortês (Botafogo)
2º – Juninho (Figueirense)
3º – Kleber (Internacional)

Volante pela direita:

1º – Ralf (Corinthians)
2º – Rômulo (Vasco)
3º – Arouca (Santos)

Volante pela esquerda:

1º – Paulinho (Corinthians)
2º – Renato (Botafogo)
3º – Marcos Assunção (Palmeiras)

Meia direita:

1º – Diego Souza (Vasco)
2º – Deco (Fluminense)
3º – Lucas (São Paulo)

Meia esquerda:

1º – Ronaldinho Gaúcho (Flamengo)
2º – Montillo (Cruzeiro)
3º – Thiago Neves (Flamengo)

Primeiro atacante:

1º – Neymar (Santos)
2º – Leandro Damião (Internacional)
3º – Julio Cesar (Figueirense0

Segundo atacante:

1º – Fred (Fluminense)
2º – Borges (Santos)
3º – Loco Abreu (Botafogo)

Técnico:

1º – Cristóvão Borges/Ricardo Gomes (Vasco)
2º – Jorginho (Figueirense)
3º – Tite (Corinthians)

Revelação:

1º – Welington Nem (Figueirense)
2º – Bruno Cortês (Botafogo)
3º – Leandro Damião (Internacional)

Melhor Jogador:

Neymar (Santos)

Melhor Árbitro:

1º – Leandro Vuaden (RS)
2º – Paulo César Oliveira (SP)
3º – Sandro Meira Ricci (DF)
Fonte: Diário de Natal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *