Segundo a Emparn, Barcelona, com 216,9 mm, é um dos municípios do RN no qual mais choveu em janeiro

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) registrou chuvas 66% maiores em janeiro de 2020 em comparação com o mesmo mês de 2019. O aumento das chuvas ocorreu devido a atuação do sistema meteorológico Vórtice Ciclônico de Ar Superior (VCANS), e em alguns momentos, juntamente com a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT).
 
As mesorregiões Leste e Agreste do Rio Grande do Norte registraram a maior média de chuvas observadas em janeiro, sendo 125,6% e 87,6%, respectivamente, superiores em comparação a janeiro de 2019. No estado como um todo o incremento foi de 66,6% do volume para o mesmo período, correspondendo a média observada de chuva de 100,7 milímetros (mm), enquanto que a esperada era de 60,4 mm.
 
Os postos pluviométricos, monitorados pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), dos municípios de Portalegre (212,9mm), Barcelona (216,9mm), Cel. João Pessoa (2018mm), São Fernando (196,8mm) registraram a ocorrência de chuvas com volumes mais expressivos em janeiro.
 
O município de Barcelona localizado na Região do Potengi, com um acumulado de 216,9 mm, foi um dos municípios do nosso estado que mais choveu em janeiro do corrente ano. Apenas João Pessoa,no oeste potiguar, com 218 mm no mesmo período, choveu mais do que em Barcelona.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *