O Globo destaca que os roubos triplicaram no RN

Em meio à paralisação da Polícia Militar e da Polícia Civil, a quantidade de roubos cometidos em Natal e na Região Metropolitana triplicou. Durante uma semana, chegou a 307 episódios. O número é maior quando comparado aos dias que antecederam o movimento, saltando de uma média de 20 casos diários para 60 crimes somente no último dia 20, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública. A paralisação ocorre no momento em que o governo potiguar não consegue dinheiro para pagar a folha dos servidores.

No dia em que a paralisação, intitulada “Operação Padrão” começou, 54 roubos foram registrados, um aumento de 92% em relação à segunda-feira anterior, quando ocorreram 28. Na véspera de Natal, a quantidade de ocorrências caiu para 25 roubos. A incidência de veículos roubados é outro ponto em destaque. No dia 22, início do trabalho da Força Nacional no patrulhamento, foram registrados 21 crimes desse tipo. Contudo, mesmo com o reforço, o número de crimes saltou para 31 no dia seguinte.

A Central de Flagrantes da Polícia Civil, na Cidade da Esperança, Zona Oeste de Natal, registrou um movimento intenso na manhã de ontem. Em função da paralisação, os boletins de ocorrência da Zona Sul e Norte de Natal estão sendo feitos exclusivamente no local. As ocorrências registradas não estão sendo investigadas em função da paralisação dos trabalhos nas delegacias especializadas.

O Globo

Deixe uma resposta

curiosidades