Metade das pessoas com alergias alimentares na verdade não tem alergia

imagem17-01-2019-18-01-24

Cada vez mais gente se considera alérgica a algum alimento. Mas um estudo feito nos EUA com 40 mil pessoas revela que, muitas vezes, a realidade é outra. Foto: (Malte Mueller/Getty Images)

A descoberta é de pesquisadores da Northwestern University, que aplicaram um questionário sobre hábitos alimentares em 40.443 americanos. 19% dos entrevistados afirmaram ter alergia a algum alimento – e quase metade dessas pessoas disse que já foi parar no hospital por causa disso. As alergias mais comuns eram a trigo, frutos do mar, soja, leite, amendoim, nozes e peixe.

No mesmo questionário, os cientistas também indagaram sobre um conjunto de sintomas específicos (como inchaço, vermelhidão, vômitos, dificuldade respiratória e tontura, entre outros), que de fato caracterizam a presença de alergia. O resultado foi surpreendente: metade dos indivíduos que diziam ter alguma alergia alimentar na verdade não sofria desse problema.

Segundo os pesquisadores, as pessoas provavelmente estão confundindo alergia com intolerância alimentar (cujos sintomas, como dor de barriga, diarréia e náuseas, são muito mais brandos). Outra possibilidade é que elas simplesmente tenham ingerido algo estragado – e não tenham alergia àquele tipo de alimento.

“É muito importante que os adultos com suspeita de alergia alimentar façam testes confirmatórios, para garantir que eles não evitem determinadas comidas sem necessidade”, conclui o estudo.

Super Interessante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *