Maiores produtores de petróleo firmam acordo histórico e põem fim à guerra de preços

Os principais produtores de petróleo do mundo firmaram neste domingo um acordo histórico para pôr fim à guerra de preços entre Arábia Saudita e Rússia.

Opep e aliados reduzirão a produção em cerca de 10%, o equivalente a 9,7 milhões de barris diários.

Trata-se do maior corte de todos os tempos: quatro vezes maior, por exemplo, do que a praticada durante a crise de 2008.

Como as medidas de isolamento para conter a pandemia do novo coronavírus fizeram despencar a demanda por combustível, os preços do barril de óleo cru atingiram o menor nível em 18 anos.

Isso ameaçou a indústria de xisto dos Estados Unidos e a estabilidade de países dependentes de petróleo. Com o acordo, as companhias petrolíferas terão margem financeira para manter as suas operaçōes e devem também recuperar valor de mercado.

O ANTAGONISTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *