Joesley gravou Temer em acerto de propina de R$ 50 milhões

Por O Antagonista

O Antagonista descobriu que Joesley Batista também entregou à PGR a gravação de uma conversa em que combina com Michel Temer o pagamento de R$ 50 milhões em propinas.

O montante seria pago “a longo prazo”, como uma espécie de “plano de previdência” do presidente. O encontro ocorreu no subsolo do Palácio do Planalto, com senha para entrada, às 22h30, do dia 7 de abril.

Deixe uma resposta