Ivonildo Rego: “Metrópole Digital é um exemplo para os políticos do país”

O diretor do Instituto Metrópole Digital (IMD), ex-reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ivonildo Rego, apontou o órgão como um “exemplo para os políticos do país”. A referência diz respeito ao bom uso das emendas parlamentares a que nossos representantes têm direito no Legislativo.
“O IMD tem hoje uma visibilidade nacional. É um dos exemplos mais bem acabados de uso de emenda parlamentar. Foram usadas em associação com a Universidade para gerar desenvolvimento econômico e social. O Metrópole Digital está em uma base importante de desenvolvimento do Estado, que é o uso do conhecimento, a nova economia do conhecimento, para gerar riqueza e renda. É preciso fazer uso da tecnologia e do conhecimento para gerar valores e empregos qualificados. Essa é a direção do Instituto”, disse Ivonildo ao portal Agora RN.
Consolidado como um dos principais projetos da UFRN, o IMD foi criado pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB). Desde que o tucano assumiu pela primeira vez seu mandato na Câmara, já conseguiu destinar cerca de R$ 50 milhões em emendas para o Instituto. A última parcela desses recursos, inclusive, foi liberada neste final de ano pelo Ministério da Educação. Mais R$ 4 milhões obtidos pelo Metrópole por meio da atuação do deputado em Brasília.
Segundo Ivonildo, os novos recursos financiarão diversas iniciativas do IMD, como o projeto Cidades Inteligentes, focado em encontrar soluções tecnológicas para ajudar a resolver os problemas de Natal, seja na área de cidadania, transporte, gestão administrativa ou até mesmo na segurança pública.
“São recursos extremamente importantes, como foram os demais R$ 45 milhões que o deputado Rogério Marinho destinou nos mandatos passados. O deputado já destinou sua emenda do próximo ano para o IMD, porque vamos precisar desses recursos, sobretudo para atender a instalação do Parque Tecnológico”, finalizou.

O que você acha ?