Edital de cordéis tem inscrições prorrogadas

A Fundação José Augusto publicou no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira (21) portaria que prorroga as inscrições para o edital da Coleção Chico Traíra. Os poetas populares poderão enviar seus cordéis até o dia 20 de novembro.
O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Fundação José Augusto, abre inscrições para o edital de cordéis da Coleção Chico Traíra de 2015, nesta terça-feira (6). Cada autor pode participar com apenas uma proposta. Os poemas devem ser entregues na FJA (Rua Jundiaí, 641 – Tirol, em Natal) até o dia 20 de outubro, de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 7h às 13h.
O texto deve estar em cópia impressa e em um CD ou pendrive com o nome do autor, mais uma pequena biografia (com no máximo 10 linhas), além dos anexos preenchidos e termo de entrega e compromisso.
Doze títulos serão escolhidos. Destes, pelo menos três serão de mulheres cordelistas. Em caso de a cota não ser atingida, a comissão de análise selecionará outros trabalhos, preenchendo o que prevê o edital. Métrica, rima, coerência do texto e ritmo serão analisados pela comissão avaliadora, que é formada por Jorge Rodrigues da Silva, Aucides Bezerra de Sales e Paulo Varela. 
A ideia é estimular e apoiar a produção potiguar desse gênero literário, bem como divulgar e valorizar o trabalho dos poetas populares norte-riograndenses. Cada cordel premiado terá uma tiragem de mil exemplares (30% fica na FJA, 10% são para o xilogravador e 60% para o escritor).

Deixe uma resposta