‘E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê?’, diz Bolsonaro sobre mortes por coronavírus; ‘Sou Messias, mas não faço milagre’

Bolsonaro diz que zera impostos se governadores acabarem com ICMS ...
O presidente Jair Bolsonaro lamentou na noite desta terça-feira (28), que o Brasil tenha batido o recorde diário de  mortes pelo novo coronavírus, mas disse que não tinha como fazer milagres diante da pandemia. O presidente ainda usou o próprio nome, Jair Messias para fazer um trocadilho com a situação.
 
“E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre”., reagiu ele a uma pergunta de um repórter  em frente ao Palácio da Alvorada, em Brasília. A resposta arrancou risos de apoiadores do presidente,  que estavam na grade montada diariamente na residência oficial.
 
Nesta terça-feira, o Ministério da Saúde anunciou que  subiu para 5.017 o número total de mortes pela doença no país, 474 delas registradas nas últimas 24 horas. Com os dados atualizados o Brasil ultrapassou a China, que registra oficialmente 4.643 mortes por conta da Covid 19.
 
No total, o Brasil já registrou  71.886 casos oficiais no país, segundo os dados mais recentes do Ministério, com 5.385 casos de ontem (27) para hoje (28). Segundo a pasta,  ao menos 34.325 estão em acompanhamento e mais de 32.544 já estão recuperados. 1.156 óbitos estão sob investigação.
 
A taxa de letalidade que compara os casos totais pelos números de óbitos confirmados no Brasil, é de 7º, segundo a atualização do governo.
 
Na entrevista, Bolsonaro  voltou a se dizer solidário com os parentes das pessoas mortas pela Covid 19, mas disse que a maioria são idosos e que  que não há o que se fazer. Afirmou que um dia ele também morrerá.
 
UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *