Dilma: nós evoluimos democraticamente


Ao assinar ontem, a concessão do Aeroporto internacional de São Gonçalo do Amarante, a presidente Dilma Rousseff (PT) destacou a capacidade de convivência política que deve haver entre os gestores. Adversária da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), Dilma enfatizou que terá uma relação republicana de parceria com a democrata em benefício do Rio Grande do Norte e do Brasil. “Hoje, temos a capacidade de deixar de lado as divergências ideológicas pelo bem da população“, ponderou.
Dilma afirmou que a união da bancada do Rio Grande do Norte em torno do Aeroporto de São Gonçalo foi preponderante para que o projeto fosse tocado. “Nós evoluímos democraticamente. O aeroporto é uma realidade por causa da união de todos os partidos. Temos obrigação de governar junto com quem o povo escolheu. Não há espaço para divergências ideológicas. Eu não governo para partido, mas para o povo brasileiro”.

A presidente frisou em seu discurso o empenho da ex-governadora Wilma de Faria (PSB), presente ao evento, para que o aeroporto fosse viabilizado. Ela disse que a pessebista foi a primeira a procurá-la, quando ainda era ministra da Casa Civil, para apresentar o projeto aeroportuário. “A (então) governadora Wilma de Faria foi muito importante para a viabilização dessa obra, assim como toda a bancada federal do estado, que também me procurava para lutar pelo projeto”, observou.

Dilma Rousseff também comentou o sucesso do leilão do aeroporto e as vantagens que a obra trará para o estado. “No leilão, nós tivemos 88 lances. Isso mostra o quanto os investidores se interessaram pela região. O consórcio Inframérica venceu com um valor 228% acima do mínimo previsto, o que revela o sucesso que tivemos. O aeroporto, que será administrado pela iniciativa privada, é fruto de uma nova etapa para o desenvolvimento do Brasil”, comemorou.

De acordo com a presidente, além da geração de emprego e renda, a construção do aeroporto de São Gonçalo será primordial para o turismo do estado. “O aeroporto trará turistas do Brasil e do mundo inteiro“, afirmou. Ela disse que a crise econômica dos Estados Unidos e dos países europeus não afetará o Brasil. “Nós amadurecemos economicamente, temos todas as condições de continuar crescendo na crise. Continuaremos distribuindo renda e aumentando o consumo”.

O evento contou com a presença do ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho (PMDB), da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), dos senadores José Agripino (DEM) e Paulo Davim (PV), dos deputados federais Rogério Marinho (PSDB), João Maia (PR), Fátima Bezerra (PT), Sandra Rosado (PSB), Henrique Alves (PMDB), Fábio Faria (PSD) e Felipe Maia (DEM), do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta (PMN), prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV) e do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado (PR).
Fonte: Diário de Natal

Deixe uma resposta