Câmara de São Paulo do Potengi aprova Projeto de Lei que proíbe o uso de marcas personalizadas na gestão municipal

Em Sessão Extraordinária realizada na manhã desta sexta-feira, 13, a Câmara de São Paulo do Potengi aprovou o Projeto de Lei nº 001/2017 do executivo, que proíbe o uso de logomarcas e símbolos personalizados que possam ser associadas às gestões municipais.
O Projeto foi votado e aprovado por unanimidade com uma emenda solicitada pelo presidente Allysson, através da Mesa Diretora, incluindo a Câmara Municipal de São Paulo do Potengi. Portanto, a Câmara também passará a usar o brasão e as cores do município como símbolo.
Ainda na Sessão, foi aprovado o Projeto de Resolução nº 001/2017 do legislativo, que reestrutura a organização do quadro de pessoal da casa, e, também, aprovado o Projeto de Lei nº 002/2017 do executivo, que regulamenta o reajuste do salário mínimo no âmbito municipal para R$ 937,00. Todos aprovados por unanimidade dos votos.
SPPNews

Deixe uma resposta