Beneficiários do Bolsa Família começam a ganhar o ‘Bolsa TV digital’

A família de Ana Cláudia Souza de Jesus, de 23 anos, foi uma das primeiras inscritas no Bolsa Família a ganhar um kit gratuito para instalação da TV digital em casa. “A imagem ficou bem melhor e o som, perfeito”, conta. Segundo ela, sem chiados e chuviscos, ficou bem melhor acompanhar programas evangélicos. “Novela aqui em casa só Os Dez Mandamentos”, faz questão de deixar claro.

Ana Cláudia mora com o marido e a filha em Rio Verde, a 250 quilômetros de Goiânia. Os mais de 6,6 mil beneficiários do programa de transferência de renda da cidade são os primeiros a receber o kit porque o município goiano terá o primeiro “apagão analógico” do Brasil, marcado para 29 de novembro.

Até 2018 – quando se encerrará o processo de migração da TV analógica para a digital em todo o país – todas as famílias beneficiárias devem receber essa espécie de “bolsa TV digital” com conversor, controle remoto, cabos e antena de recepção.

O valor de cada kit que está sendo entregue é de cerca de 160 reais. O custo para a compra e a distribuição de todos os equipamentos para as 14 milhões de famílias responde por 70% do orçamento de 3,6 bilhões de reais da EAD, entidade criada pelas empresas que venceram o leilão do 4G na faixa de 700 megahertz (MHz), frequência hoje usada na transmissão de canais de TV aberta em tecnologia analógica.

CONTINUA AQUI »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *