Juros do cartão de crédito rotativo estão mais altos

As concessões do rotativo do cartão de crédito representaram cerca de 10% dos empréstimos liberados pelas instituições financeiras, em junho. Clientes devem ficar atentos à taxa de juros desse tipo de crédito, que subiu, em junho para quem que paga em dia pelo menos o mínimo da fatura, após entrar em vigor a regra que proíbe cobrar juros diferentes para adimplentes e inadimplentes.

Se for considerada outra modalidade com taxa de juros alta, o cheque especial, sobe para 30,5% o percentual das concessões dos bancos, para pessoas físicas no crédito rotativo (cartão de crédito e cheque especial), em junho. “É um volume muito grande em linhas tão caras”, disse o diretor de Economia da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), Miguel de Oliveira.

Para Oliveira, o uso dessas modalidades de crédito indica que o endividamento das famílias ainda está alto. “São linhas mais fáceis, pré-aprovadas. Os consumidores continuam usando mal o cartão e os bancos cobram taxas muito altas. Muita gente não olha a taxa de juros e isso custa muito caro”, destacou.

A atenção tem que ser redobrada no caso do rotativo oferecido por financeiras ou por lojas, que costumam cobrar juros mais altos no rotativo. De acordo com ranking do Banco Central (BC), o custo médio do rotativo para consumidores adimplentes variou de 45,97% a 791,16% ao ano, entre as instituições financeiras, no período de cinco dias úteis encerrados em 18 de julho. Entre os cinco maiores bancos do país (Banco do Brasil, Caixa, Itaú-Unibanco, Bradesco e Santander), a taxa vai de 168,8% a 297,46% ao ano, nesse período.

Segundo o BC, as taxas de juros diferem entre clientes de uma mesma instituição financeira e variam de acordo com fatores de risco envolvidos nas operações, como o valor, o histórico e a situação cadastral de cada cliente e o prazo da operação.

Em junho, o consumidor adimplente (regular) pagou taxa média de 261,1% ao ano, com aumento de 18,1 pontos percentuais em relação a maio. Já a taxa cobrada dos consumidores que não pagaram ou atrasaram o pagamento mínimo da fatura (rotativo não regular) caiu 32,8 pontos percentuais, chegando a 313,3% ao ano.

Ao divulgar o relatório sobre crédito de junho, no final do mês passado, o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, informou, sem citar os nomes, que duas instituições financeiras elevaram os juros do rotativo regular, o que aumentou a taxa média de todos os bancos pesquisados pelo BC.

Os juros subiram mesmo com taxa básica de juros, a Selic, no menor nível histórico (6,5% ao ano) e inadimplência em queda. Rocha afirmou que o mercado é livre para definir os juros. “Estamos tratando aqui do mercado de crédito de taxas livres. É um mercado competitivo em que as taxas são fixadas pelas próprias instituições”, disse Rocha.

Em junho, o total de concessões de crédito livre (empréstimos em que os bancos têm autonomia para aplicar dinheiro captado no mercado e definir as taxas de juros) para pessoas físicas chegou a R$ 150,8 bilhões. Desse total, R$ 15,260 bilhões foram do rotativo do cartão de crédito. A maior parte das concessões do rotativo é do crédito não regular: R$ 8,833 bilhões. No caso do cheque especial, as concessões chegaram a R$ 30,721 bilhões. A taxa do cheque especial chegou a 304,9% ao ano, em junho.

O rotativo do cartão é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor integral da fatura do cartão. O crédito rotativo dura 30 dias. Desde junho, clientes inadimplentes no rotativo do cartão de crédito passaram a pagar a mesma taxa de juros dos consumidores regulares. Até a nova regra entrar em vigor, quem não pagava pelo menos o valor mínimo da fatura em dia caía na modalidade de rotativo não regular, com taxa de juros mais cara que a cobrada dos clientes adimplentes (regulares).

Pela nova regra, a taxa de juros do rotativo passa a ser única, tanto para inadimplentes quanto para adimplentes. Mas as instituições podem cobrar multa e juros de mora, por atraso, como ocorre em qualquer outra operação de crédito, no caso de inadimplência.

Agência Brasil

Candidatura de Marina à Presidência será oficializada hoje

A Rede Sustentabilidade oficializará neste sábado (4), em Brasília, a candidatura de Marina Silva à Presidência da República. Durante a primeira Convenção Nacional do partido, registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), há menos de três anos, o médico sanitarista, Eduardo Jorge (PV), que em 2014 foi candidato à Presidência da República deve ser oficialmente apresentado como vice da ambientalista.

O convite para composição de uma aliança com a Rede foi realizada no último sábado (28), durante a convenção do PV e segundo o partido foi motivado pela “confluência programática que existe entre as duas legendas”. Pelas redes sociais Marina comemorou a aliança com o Partido Verde. “ Feliz por essa importante decisão. Obrigada Eduardo Jorge e Partido Verde. 2018 chegou”, disse.

Com dois deputados federais e um senador, representações e diretórios em todas as unidades da Federação, a Rede deve reunir hoje na sua convenção, filiados, convencionais, simpatizantes, apoiadores e voluntários de todas as partes do país.

Perfil

Marina Silva nasceu em 8 de fevereiro de 1958 em uma pequena comunidade chamada Breu Velho, no Seringal Bagaço, município de Rio Branco, no Acre.

Em 1984, Marina Silva ajudou a fundar a CUT (Central Única dos Trabalhadores) no Acre. No ano seguinte, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT). Foi eleita pela primeira vez a um cargo público nas eleições de 1988, quando foi a vereadora mais votada de Rio Branco.

Nas eleições de 1990, foi eleita deputada estadual. Nas eleições gerais de 1994, foi eleita senadora, aos 36 anos, tendo sido reeleita no pleito de 2002. Foi ministra do Meio Ambiente no governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

Foi candidata pela primeira vez à Presidência da República, em 2010, pelo Partido Verde (PV), obtendo a terceira colocação no primeiro turno, com mais de 19 milhões dos votos. Em 2014 voltou a ser candidata PSB, ficando novamente em terceira colocada com mais de 22 milhões de votos.

Agência Brasil

Benes Leocádio aceita ser vice de Robinson

O Partido Trabalhista Cristão (PTC) foi convidado para indicar o vice-governador da chapa de Robinson Faria. O nome indicado foi o de Benes Leocádio, ex-prefeito de Lajes e ex-presidente da Federação dos Municípios do RN, que aceitou de pronto a candidatura a vice-governador e a coordenação da campanha.

No entanto, a confirmação ainda depende da homologação da executiva nacional. Segundo o presidente Daniel Tourinho, o partido precisa eleger nove deputados federais para cumprir a cláusula de barreira. Benes seria um dos nomes que acredita eleger, após divulgação das últimas pesquisas, em que ele aparece bem posicionado. Outros nomes com igual potencial de votos foram apresentados, mas ainda não convenceram o presidente, que se posiciona de forma irredutível na manutenção da candidatura de Benes à chapa proporcional.

O PTC do RN aguarda até o fim do dia o aval do Diretório Nacional para confirmar o nome do vice. Benes já assumiu a coordenação geral da campanha de Robinson e convidou vários prefeitos para anunciar sua posição.

PSB inicia homologação de candidaturas proporcionais

O PSB do Rio Grande do Norte iniciou o registro de candidaturas proporcionais do partido para as eleições deste ano. A abertura da convenção partidária, que acontece em Natal, neste sábado (4), foi feita pelo deputado federal Rafael Motta, que preside o partido no Estado, e contou com a presença do vice-governador Fábio Dantas (PSB) e do deputado estadual Ricardo Motta (PSB).

Já foram homologadas as candidaturas à reeleição de Rafael Motta e de Ricardo Motta. O vereador de Natal Franklin Capistrano e a ex-prefeita de Mossoró Fafá Rosado também vão para estadual. Além deles, Arthur Maynard, Sérgio Henrique, Peba, Figueiredo Rodoviário, Marcio Kemps, Professor Chico Macaíba, Débora Vitória e Felipe França já tiveram suas candidaturas homologadas.

“Seguiremos unidos com o propósito de honrar a bandeira do PSB no RN e os potiguares na Câmara dos Deputados, viabilizando obras e ações e votando de acordo com os interesses sociais”, disse Rafael Motta na abertura, que contou com a participação de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e outras lideranças do interior do Estado.

Com relação ao apoio majoritário do partido, Rafael declarou que essa decisão será tomada após convenção do Diretório Nacional, que acontece neste domingo (5), em Brasília. A convenção estadual do PSB segue durante todo o dia.

Mesmo preso e considerado inelegível, Lula é escolhido candidato do PT a presidente

Em convenção nacional, o PT confirmou neste sábado (4), na capital paulista, a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República. A escolha foi por aclamação.

O partido não decidiu quem será o vice na chapa com Lula. Na convenção, ficou definido que serão realizadas caravanas saindo de todos os estados até Brasília no dia 15 de agosto, prazo final para apresentação de pedidos de registro de candidaturas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso em Curitiba, desde 7 de abril, após ter sido condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, em segunda instância, no caso do triplex de Guarujá.

Lula encaminhou uma carta para ser lida durante a convenção. No texto, ele afirma que a democracia está “ameaçada”. “Agora querem fazer uma eleição presidencial de cartas marcadas, excluindo o nome que está à frente na preferência popular em todas as pesquisas”, diz.

O ex-presidente afirmou ainda que confia no reencontro com a militância. “De onde me encontro, estou sempre renovando minha fé de que o dia do nosso reencontro virá, pela vontade do povo brasileiro”.

O comado do PT aguarda a análise do registro da candidatura de Lula. Caberá ao Supremo Tribunal Federal (STF) dar a palavra final sobre a prisão de Lula e se ele estará apto a concorrer, já que a Lei da Ficha Limpa impedi candidaturas de condenados em segunda instância. O julgamento é esperado para os próximos dias.

O PT divulgou ontem (3) os pilares do programa para o “Próximo Governo Lula (2019-2022)” que reúne cinco eixos. São eles: “soberania nacional e popular na refundação democrática do Brasil”; “promover um novo período histórico de afirmação de direitos”, “novo pacto federativo para promoção dos direitos sociais”, “promover um novo modelo de desenvolvimento” e “transição ecológica para a nova sociedade do século XXI”.

Agência Brasil

Encontro do PR encerra ciclo de debates reunindo mais de 600 pessoas em Natal

Faltando exatos três meses para a eleição de 2018, o PR realizou na manhã deste sábado (07) o Grande Encontro Regional do partido na capital, com as presenças de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, ex-vereadores, filiados e lideranças políticas de Natal, Grande Natal e diversas regiões do Estado. Com o tema “Trabalho para fortalecer o RN”, o Encontro reuniu mais de 600 pessoas no América F. Clube, no bairro do Tirol.

Durante a abertura do V Encontro, o presidente estadual do PR, João Maia, chamou atenção para as necessidades do Estado: “O Próximo governo estadual se quiser levar a sério a geração de emprego tem de pensar no turismo como uma fonte de geração de emprego e renda. Sem investimento privado nós não temos salvação, porque sem ele não tem emprego e sem emprego o Estado tem mais gente para atender, e sem investimento privado não tem imposto, se não tem imposto, como o Estado terá recursos?”, questionou.

O assessor jurídico do PR, Abraão Lopes, abriu as palestras trazendo importantes informações sobre as mudanças nas regras da propaganda eleitoral. Em seguida, o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulo Medeiros (PR), fez uma apresentação sobre os bons resultados de sua administração. A presidente do PR Mulher, Shirley Targino, falou sobre a necessidade e importância feminina na política. O encerramento aconteceu com a palestra do consultor político Gaudêncio Torquato, que apresentou dados sobre atual conjuntura política no país e a campanha eleitoral deste ano, que será bem mais curta.

O dirigente estadual do PR e pré-candidato a deputado federal, empresário mossoroense Tião Couto, anunciou durante o encontro que desistiu de sua candidatura e vai apoiar o pré-candidato João Maia. Tião alegou que não se sente vocacionado a buscar um mandato legislativo, pois suas aptidões são mais para o executivo. Garantiu também que estará apoiando os pré-candidatos do PR e vai se preparar para o pleito de 2020.

O PR deve realizar, ainda este mês, uma reunião com as lideranças do partido para discutir e decidir sobre as alianças para as candidaturas proporcionais e majoritárias das eleições 2018.

A mesa foi composta pelo presidente estadual do PR, João Maia, pela presidente do PR Mulher e prefeita de Messias Targino, Shirley Targino, pelo prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulinho Medeiros, o dirigente estadual do PR, Tião Couto, deputado estadual, George Soares, pré-candidata a deputada estadual, Tereza Maia, o pré-candidato a deputado estadual, Jorge do Rosário, pré-candidato a deputado estadual Ubiracy Pascoal, o pré-candidato Igor Rafael, o prefeito de São Fernando, Polion Maia, o prefeito de Galinhos, Irmão Naldo, o prefeito de Santana do Matos, Dr. Edvaldo Júnior, o advogado do PR, Abraão Lopes, além dos vereadores Rosângela (Caicó), Igor Targino (Macaíba) e Raniere Protásio (São Gonçalo). Os empresários: Marcelo Alecrim, Toinho da SterBom e Afrânio Miranda, palestrantes dos Encontros anteriores, também prestigiaram o evento.

TRF concede habeas corpus e Lula deve deixar a prisão ainda neste domingo

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região deferiu uma liminar para que o ex-presidente Lula seja solto ainda na manhã deste domingo (7), informou Mônica Bergamo.

O desembargador Rogério Favreto acabou habeas corpus apresentado na sexta (6) pelos deputados Wadih Damous, Paulo Pimenta e Paulo Teixeira, do PT, pedindo que ele fosse libertado imediatamente pois não haveria fundamento jurídico para a prisão dele.

Criadores de camarão no RN e outros estados têm importante vitória alcançada no STF com suspensão de liminar

Importante vitória foi alcançada no STF pelo Estado do Rio Grande do Norte e demais Estados que têm a criação de camarão como relevante atividade econômica, movimentando próspera cadeia de negócios (laboratórios, fábricas de ração, restaurantes, supermercados, indústria de insumos e processamento e outros), além de gerar empregos e receita tributária. (Suspensão de Liminar n° 1154)

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento- MAPA, alterando a sua Instrução Normativa MPA nº 14, de 09 de dezembro de 2010, passou a permitir a importação de camarão da espécie Litopenaeus vannamei, oriunda do Equador, sem a realização da Análise de Risco de Importação – ARI, o que colocou em risco a biodiversidade nacional, especialmente os crustáceos brasileiros, de epidemias ocorrentes em outras regiões do planeta, inserindo assim o Brasil (e claro o RN) em possível zona de infecção.

A Ação Civil Pública que originou a discussão judicial (nº. 1003229-72.2017.4.01) está tramitando na 5ª Vara da Justiça Federal em Brasília, inclusive com a participação do Estado do RN, por meio de sua Procuradoria-Geral, que demonstrou que a medida poderia provocar danos ambientais irreversíveis para a biodiversidade marinha nacional, especialmente sobre a população de caranguejos, lagostas e camarões, em virtude de provável disseminação de 10 (dez) novas doenças virais e bacteriológicas, de ocorrência comprovada no país do Equador, conforme assinala a Organização Mundial da Saúde Animal (OIE),além de resguardar a atividade pesqueira nacional http://www.oie.int/animal-health-in-the-world/oie-listed-diseases 2017). A PGE pontuou ser imprescindível, no caso, a devida atenção aos princípios da prevenção e da precaução, que regulam o direito ambiental.

Segundo dados do Boletim Estatístico da Pesca e Aquicultura de 2011, expedido pelo Ministério, a pesca extrativa marinha é a principal fonte de produção de pescado nacional, sendo responsável por 553.670,0 t (38,7%) do total pescado, tendo em 2011 a região Nordeste registrado a maior produção de pescado do país, com 454.216,9 t, respondendo por 31,7% da produção nacional. As regiões Sul, Norte, Sudeste e Centro-Oeste registraram 336.451,5 t (23,5%),326.128,3 t (22,8%), 226.233,2 t (15,8%) e 88.944,5 t (6,2%), respectivamente.

O Brasil possui hoje cerca de 800 mil pescadores artesanais, que sobrevivem e sustentam as suas famílias desta atividade. Segundo o IPEA, em 2013 os pescadores artesanais representavam 90,3% de toda a categoria (http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/6625/1/bmt60_perfil.pdf).

E, de acordo com a Universidade Federal de Pernambuco, em estudo sobre o tema, a criação de camarão em cativeiro gera 3,75 empregos por hectare, existindo no Brasil, segundo dados da Associação Brasileira de Criadores de Camarão-ABCC, 25 mil hectares de áreas cultivadas. O Ceará é o estado brasileiro com maior área de cultivo em operação, somando um total de 6.580 ha (33,2% do total do país) e, em segundo lugar, o RIO GRANDE DO NORTE, com área de 6.540 ha (33% do total) distribuídos em 385 empreendimentos.

Metade acredita no hexa, e 64% aprovam trabalho de Tite, aponta Datafolha

Moradores fotografam rua na zona leste de São Paulo decorada para a Copa do Mundo – Joel Silva/Folhapress

Pesquisa Datafolha realizada na semana passada mostra que 48% dos entrevistados apontam o Brasil como favorito ao título da Copa do Mundo da Rússia.

Esse percentual, porém, já foi bem maior, por exemplo, às vésperas das Copas de 2014 (68%), no Brasil, de 2010 (64%), na África do Sul, e de 2006 (83%), na Alemanha, quando o time de Ronaldo, Ronaldinho, Adriano e Robinho naufragou nas quartas-de-final diante da França.

Segundo o levantamento, atrás do Brasil aparecem Alemanha (11%) e Argentina, Rússia, França e Espanha, todas com 2% —31% não souberam responder e 2% apontaram outra seleção como favorita.

“Não estou empolgado [com a Copa], muito pelo resultado da última [se referindo ao 7 a 1], mas vou assistir aos jogos. Naturalmente a empolgação pode aumentar conforme o time for vencendo as partidas”, diz o gerente de vendas Leandro Costa, 40.

imagem12-06-2018-12-06-27Sobre o otimismo pelo título, o que se fala nas ruas também se vê no comando da seleção.

Nesta segunda-feira (11), em Moscou, o presidente da CBF, o coronel Antônio Carlos Nunes, disse ao comando da Fifa para já preparar a taça do hexacampeonato mundial. “Disse ao [Gianni] Infantino [presidente da Fifa] que ele pode preparar a taça para o Brasil. Quero levantar a taça.”

“Estou mais ou menos ansiosa para a Copa. Meus irmãos, que são mais fanáticos, estão mais que eu. No meu bairro, não pintam mais a rua como antes”, diz a recepcionista Tânia Ferreira, 29.

O favoritismo apontado para a seleção bate com a aprovação do técnico Tite, há dois anos no cargo. Ele assumiu a equipe após a sequência de fracassos de Dunga.

Entre os entrevistados, 64% consideram o trabalho do gaúcho de 57 anos como ótimo ou bom, contra 13% regular, 5% péssimo e outros 18% que não souberam opinar, percentual que também indica o desinteresse pela seleção.

A aprovação atual de Tite (64%) supera a de Luiz Felipe Scolari (51%) antes do Mundial de 2002, quando levou o penta no Japão, os 49% de Dunga em 2010 e os 62% de Parreira em 2006. Fica atrás, porém, dos 68% de Felipão antes do Mundial do Brasil, em 2014.

Segundo a mesma pesquisa, 53% dos brasileiros afirmam não ter nenhum interesse pelo Mundial. No final de janeiro, o índice de desinteressados era 42%. O Datafolha ouviu 2.824 pessoas em 174 municípios na quinta (7) e sexta-feira (8), e a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Segundo a pesquisa, a avaliação de Tite como técnico tem sido positiva. Com 64%, o gaúcho fica atrás apenas quando comparado com Luiz Felipe Scolari em 2014, quando a seleção foi goleada por 7 a 1**

Folha de São Paulo

 

Seis em cada dez brasileiros assumem que desperdiçam alimentos em casa

Pesquisa sobre desperdício de alimentos aponta que 61% brasileiros descartam, semanalmente, um ou dois alimentos em perfeito estado. Quase metade (49%) dos entrevistados assumiram fazer isso diariamente. O levantamento foi feito a pedido da empresa Unilever em parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU).

A pesquisa, feita em escala global, ouviu 4 mil pessoas, sendo 2 norte-americanos, mil brasileiros e mil argentinos, com idades entre 18 e 64 anos, no período de agosto a setembro de 2017. Os participantes são responsáveis ou estão envolvidos no processo de decisão de compra e preparo da comida.

Cegueira de geladeira

Chamado de “cegueira da geladeira”, o hábito de não ver ou ignorar alimentos, é visto como um dos vilões do desperdício. Quem compra e desperdiça assume que o grande problema é a falta de inspiração (81%). Muitos olham para a geladeira, mas não sabem o que cozinhar ou comer (78%).

Outros vilões apontados pela pesquisa são comprar comida além do necessário (54%), pais que adquirem opções extras para satisfazer o gosto de diferentes membros da família (37%) e compra de alimentos diferentes dos habitual para testar, que acabam não agradando (31%).

Os tipos de alimentos mais desperdiçados são os perecíveis, como saladas (74%), vegetais (73%) e frutas (73%). Na hora de decidir se joga ou não fora, o brasileiro leva em conta cheiro e aparência (85%) e prazo de validade expirado (83%).

Segundo a ONU, por ano, são desperdiçados 1,3 bilhão de toneladas de alimentos no mundo. No Brasil, são descartadas cerca de 41 mil toneladas diariamente, o que daria para alimentar 25 milhões de pessoas por dia.

Agência Brasil

Uma Copa depois, projeto de acessibilidade continua no papel e MPF abre investigação por improbidade

por Dinarte Assunção

A Procuradoria da República no Rio Grande do Norte abriu um procedimento para apurar “possível irregularidade na utilização do patrimônio público” em razão de contrato de R$ 24 milhões celebrados, por ocasião da Copa do Mundo em Natal, para adequar as calçadas no entorno da Arena das Dunas.

A promessa de acessibilidade jamais saiu do papel, mas uma parte do dinheiro foi utilizada. O MPF apura o assunto sob a categoria de improbidade administrativa. A Prefeitura do Natal alega que a obra será licitada em outro formato diferente do original, que esbarrou em deficiências estruturais.

O assunto chegou ao MPF em razão de relatório do Tribunal de Contas do Estado ter incluído o projeto em relatório de obras inacabadas que estão espalhadas pelo Rio Grande do Norte.

O procurador Rodrigo Telles, responsável pelo caso, oficiou a Secretaria de Obras do Município querendo saber: em que fase está o projeto que deveria ter sido entregue antes da Copa de 2014; se houve utilização de recursos; por que o projeto está parado e quais providências foram adotadas para a retomada das intervenções.

Obra

O projeto prevê a padronização de 42 quilômetros de ruas. De acordo com Secretário de Obras, Tomaz Neto, pelo menos R$ 2 milhões já foram gastos. A partir de 22 de outubro de 2013, a previsão era de que o obra seria entregue em 300 dias. 1.666 dias se passaram desde então.

No relatório do TCE só a parte dos projetos executivos estimada em R$ 8,1 milhões.

Na licitação do projeto, antes do Mundial de 2014, quem levou foi um consórcio da Crisal com a LR Engenharia. A obra iniciou sem projeto executivo, o que obrigou o MP a tomar providências contra a medida.

“Na modalidade em que estava, o projeto e a execução eram feitos ao mesmo tempo, mas esbarramos em vários problemas, como calçadas com muros avançando sobre elas, sumidouros, jardineiras etc”, explicou Neto.

De acordo com ele, uma nova licitação será feita para o projeto executivo, a ser desenvolvida com recursos da prefeitura. Mas, nesta matéria, Neto explica que o Executivo não tem dinheiro.

STF adia julgamento de primeira ação penal da Lava Jato

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (15) adiar a conclusão do julgamento do deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) e de dois filhos dele pelos crimes de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. É a primeira ação penal da Operação Lava Jato julgada pela Corte após a chegada dos primeiros inquéritos, em 2015.

Na sessão de hoje, o relator da ação penal, Edson Fachin, e o revisor, Celso de Mello, rejeitaram seis questões preliminares que impediriam o julgamento, como alegações de cerceamento de defesa, falta de perícia contábil e depoimentos de testemunhas favoráveis à defesa.

Após o voto do relator, ficou decidido que o julgamento será retomado na próxima terça-feira (22) para a tomada dos votos de mérito, que serão proferidos pelo próprio relator, o revisor da ação penal, ministro Celso de Mello, além de Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes. Na ocasião, a Turma decidirá se o deputado e os filhos serão absolvidos ou condenados.

A Segunda Turma julga denúncia elaborada pelo ex- procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Conforme a acusação, o deputado Nelson Meurer recebeu, entre 2006 e 2014, R$ 29 milhões do total de R$ 62 milhões recebido pelo PP.

Para a PGR, o dinheiro teve origem em contratos da Petrobras e consistia em repasses por empresas fictícias operadas pelo doleiro Alberto Youssef e por intermédio do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, dois delatores do esquema de corrupção na Lava Jato. Somente o PP, teria recebido R$ 357,9 milhões de propina da Petrobras, segundo a procuradoria.
Agência Brasil

Hemonorte emite nota

NOTA

Natal (RN), 15 de maio de 2018.

O Hemocentro do RN (Hemonorte) informa aos seus usuários que o Posto de Coleta de sangue da Zona Norte, que funciona na Biblioteca Américo de Oliveira Costa, na Av. Itapetinga, no Conjunto Santarém, estará fechado temporariamente para fins de reorganização dos serviços.

Os interessados em doar sangue devem procurar a sede do Hemonorte, na Av. Alexandrino de Alencar, 1800, Tirol, de segunda a sábado, das 7h às 18h.

Assembleia aprova contas dos governos de Robinson Faria e Rosalba Ciarlini

As prestações de contas do Governo do Estado dos exercícios de 2013, na administração da então governadora Rosalba Ciarlini (PP), e de 2015, do governador Robinson Faria (PSD), foram aprovadas na reunião extraordinária da tarde desta terça-feira, 15, pela Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF). O Plenário do Tribunal de Contas do Estado (TCE) em sua análise já tinha aprovado as contas com ressalvas.

Na discussão de hoje, a aprovação, sem ressalvas, aconteceu por quatro votos a um. A matéria referente a 2013 foi relatada pelo deputado Getúlio Rêgo (DEM) e a de 2015, pelo deputado Galeno Torquato (PSD). No entendimento dos relatores, as ressalvas do Tribunal foram apenas detalhes técnicos.

Já a matéria relativa às contas de 2016, houve pedido de vista pelo deputado Fernando Mineiro (PT). “A responsabilidade pela contabilidade técnica é da contadoria geral do Estado e não do Governador. Por isso entendemos que não existe irregularidade. Voto pela aprovação da matéria”, disse o relator, deputado José Dias (PSDB).

No entanto, o deputado Mineiro disse que queria ler o relatório com mais tempo, por ser um assunto complexo. “Pela primeira vez em seu relatório o TCE, por unanimidade, desaprovou as contas. Temos que analisar diante da complexidade da questão. Quero saber qual foi o caminho seguido para a aprovação do relatório”, disse Mineiro.

O deputado tem um prazo de 72 horas para devolver o processo, com os seus questionamentos para a votação na CCJ e depois seguir para o plenário da Assembleia. As duas matérias aprovadas terão votação final em plenário, três sessões após o anúncio pela presidente do Legislativo.

Participaram da reunião os deputados Tomba Farias (PSDB), Galeno Torquato (PSD), José Dias (PSDB), Mineiro Lula (PT) e Getúlio Rêgo (DEM).

AGORA RN

Partidos já garantiram R$ 2 bilhões para as eleições de 2018

Os 35 partidos políticos registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) faturaram mais de R$260 milhões com o Fundo Partidário apenas nos primeiros quatro meses do ano e garantiram mais de R$2 bilhões para nadar em dinheiro (público) nas eleições. É que o Fundo Partidário não inclui os cerca de R$1,8 bilhão do “fundão eleitoral”, criado para bancar as campanhas milionárias sem a doação empresarial, proibida por lei.

Com R$35 milhões, o PT tem a maior fatia do Fundo Partidário porque a divisão se baseia na eleição de 2014 e não no pífio resultado de 2016.

PSDB de Aécio (R$28,5 milhões) e o MDB de Temer (R$27,7 milhões) completam o trio que mais recebe dinheiro do Fundo Partidário.

Os 10 maiores partidos vão receber 73% do valor do fundão eleitoral e a tendência será manter a enorme diferença entre grandes e nanicos.

DIÁRIO DO PODER

Candidaturas de Dilma e Aécio sobem no telhado

O eleitorado mineiro pode ser privado de um dos mais emocionantes embates da temporada eleitoral de 2018. Considerando-se a expressão dos adversários, a briga talvez atraísse a atenção de todo país. Contudo, subiram no telhado as candidaturas de Dilma Rousseff e Aécio Neves ao Senado por Minas Gerais. PT e PSDB cogitam a sério a hipótese de excluir a dupla de suas respectivas chapas majoritárias. Já não há certeza nem mesmo quanto à possibilidade de os dois concorrerem à Câmara.

Se prevalecer a conveniência dos partidos, Dilma e Aécio não terão a chance de reeditar, por assim dizer, a briga de pátio de escola que travaram na sucessão de 2014. Numa disputa para o Senado, poderiam até participar de debates. Se a exclusão for confirmada, a plateia perderá a oportunidade de assistir na propaganda eleitoral a empáfia de peroba de Aécio e o ego inarticulado de Dilma. O eleitor também perderá a chance de fazer justiça com os próprios dedos.

No caso de Aécio, o maior interessado no expurgo, suprema ironia, é seu afilhado político Antonio Anastasia. Posto em sossego no Senado, com mandato de senador válido até 2022, Anastasia foi empurrado a contragosto pelo PSDB para uma candidatura ao governo de Minas. Pesquisas encomendadas pelo tucanato revelaram que a presença de Aécio no palanque seria radioativa. Nem mesmo uma manta de chumbo protegeria Anastasia das emissões dos Raios JBS.

Quanto a Dilma, o risco de ser riscada da chapa decorre da necessidade de atrair aliados para a coligação de Fernando Pimentel, o petista que tenta reeleger-se governador mineiro. Pimentel reivindica o apoio de legendas como MDB, PR, PV e PRB. Entram na negociação as duas vagas de candidatos ao Senado disponíveis na chapa. Ironicamente, Dilma pode ser banida da disputa por um ex-companheiro de armas. Ela conheceu Pimentel na trincheira contra a ditadura.

A eventual exclusão de Aécio das urnas de 2018 será o triunfo da imoralidade sobre a encenação. A pose impoluta que rendeu ao grão-duque do tucanato uma derrota com sabor de vitória em 2014 foi dissolvida no grampo que exibe o diálogo vadio em que o ex-bom moço achacou Joesley Batista em R$ 2 milhões. De líder da oposição, Aécio foi reduzido à condição de e$torvo partidário.

A retirada de Dilma do baralho seria a redução da fábula da supergerente à sua inexpressividade essencial. Antes de passar vexame em Minas, a ex-presidente havia sido refugada pelo PT gaúcho. Sucede com Dilma o oposto do que se passa com Lula. Inelegível e preso, o criador continua sendo apresentado como candidato ao Planalto. Deposta numa sessão em que o Senado preservou-lhe os direitos políticos, Dilma pode ficar sem a candidatura ao Senado mesmo sendo perfeitamente elegível.

JOSIAS DE SOUZA

Avião com Amado Batista faz pouso de emergência

O avião que levava o cantor Amado Batista fez um pouso de emergência na noite do sábado, 12, no aeroporto Pedro Otacílio Figueiredo, em Vitória da Conquista, no Sudoeste do estado. O cantor havia partido da cidade de Goiânia (GO) para se apresentar no Parque de Exposições de Conquista.

Segundo um funcionário do aeroporto, a aeronave deu 13 voltas no espaço aéreo até conseguir aterrissar com segurança. Um vídeo divulgado pelo Blog do Anderson mostra o momento em que o avião circula antes de pousar.

A TARDE

FOTOS: ‘Carro voador’ da Uber vai levar 4 mil pessoas por hora; entenda

A Uber vai criar Skyports para dar suporte ao uberAIR, novo serviço de táxi aéreo da companhia. Os locais servirão para pouso e decolagem de aeronaves do tipo eVTOL, sigla em inglês para veículo elétrico de decolagem e pouso vertical. O projeto dos heliportos será criado por seis empresas de arquitetura e engenharia em parceria com a Uber.

Para viabilizar a ideia, a marca já estabeleceu algumas estratégias, como área de atuação, volume de pessoas transportadas e data para testes. Nas linhas a seguir, entenda o que é Skyport e saiba como a tecnologia vai funcionar no uberAIR.

Projeto de Skyport, aeroporto para as aeronaves do uberAIR, táxi aéreo da Uber (Foto: Divulgação/Uber)

Os Skyports ainda estão na fase de protótipo, mas a ideia é que eles suportem pousos e decolagens do uberAIR em locais movimentados, como estádios e grandes teatros.

As companhias foram selecionadas por apresentarem conceitos de alto grau de realismo e viabilidade técnica. Um dos critérios foi a capacidade de transportar mais de quatro mil passageiros por hora em uma área de aproximadamente 12.100 m². Os projetos foram apresentados durante o II Encontro Anual Uber Elevate, que ocorreu em Los Angeles, Estados Unidos.

imagem11-05-2018-17-05-26

Sky Tower, um dos protótipos de Uber Skyport (Foto: Divulgação/Uber)

Outra determinação do concurso foi que os espaços cumprissem as exigências ambientais e de ruído. Para isso, os VTOLS — que serão 100% elétricos — precisarão de recarga no intervalo das viagens com o menor impacto negativo possível para a região.

Os projetos escolhidos pertencem às empresas Gannett Fleming, BOKA Powell, Humphreys & Partners Architects, Pickard Chilton trabalhando com Arup, Corgan e The Beck Group. A expectativa é de que os primeiros testes sejam feitos em 2020 e o Uber Air inicie as atividades a partir de 2023.

Globo, com Techtudo

Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões neste sábado (12)

O concurso 2.040 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 50 milhões para quem acertar as seis dezenas que serão sorteadas neste sábado (12). O sorteio será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Caminhão da Sorte da CAIXA, que está estacionado em Maravilha (SC), na Rua Euclides da Cunha.

O concurso deste sábado encerra a Mega-Semana das Mães, que ofereceu uma chance extra ao apostador, com três sorteios ao longo da semana.

Aplicando o prêmio de R$ 50 milhões na Poupança da CAIXA, o ganhador receberá mensalmente mais de R$ 185 mil apenas em rendimentos. A aposta mínima na Mega-Sena é de R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer lotérica do país. Clientes da CAIXA com acesso ao Internet Banking podem fazer suas apostas utilizando seu computador pessoal, tablet ou smartphone. Basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos.

Ministro do TSE nega liminar para garantir representante de Lula em debates

O ministro Og Fernandes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou um pedido de liminar (decisão provisória) do PT para que fosse garantida a participação de um representante do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em debates entre pré-candidatos ao Palácio do Planalto.

Desde que Lula foi preso, em 7 de abril, o PT o mantém como pré-candidato da legenda, afirmando que irá registrá-lo para concorrer ao pleito.

Pela via judicial, o partido pretendia garantir a presença de um representante de Lula já no ciclo de entrevistas com pré-candidatos, iniciado pelo jornal Folha de S.Paulo, pelo portal UOL e pelo SBT.

O partido alegou que Lula não foi convidado apesar de aparecer como “líder na pesquisa de intenção de votos”. Os veículos de comunicação estariam com isso violando o princípio da isonomia entre os pré-candidatos, segundo o PT, ao alegarem que o ex-presidente “estaria indisponível para figurar nas entrevistas em decorrência de sua prisão”.

Ao analisar o caso, Og Fernandes reconheceu a importância da isonomia, mas destacou não haver dispositivo legal que garanta a participação de representante na hipótese de impossibilidade de participação de determinado candidato.

O ministro disse que o caso não tem precedentes e por isso deve ser examinado em plenário pelo TSE. Enquanto isso não ocorre, ele entendeu não haver urgência na concessão de liminar, pois “o fato de o ciclo de entrevistas já ter se iniciado não impede que, em caso de procedência desta representação, venha ser garantido à agremiação o direito de indicar alguém para ser entrevistado no lugar de seu pré-candidato”.

Agência Brasil

Lateral-direito Daniel Alves está fora da Copa do Mundo

Daniel Alves está fora da Copa do Mundo. Após visitar o jogador no PSG e pedir exames complementares, o médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, constatou que é impossível o jogador se recuperar em tempo de participar do torneio. Mesmo que daqui a três semanas, prazo estipulado para uma reavaliação, se conclua que a cirurgia não é necessária, ele ainda demoraria pelo menos outras seis semanas para ter condição de treinar normalmente.

O lateral-direito sofreu uma desinserção no ligamento cruzado anterior do joelho direito. Isso significa que o ligamento se soltou de um osso. É diferente do rompimento mais convencional, quando ele parte no meio. Além disso, há uma entorse no joelho.

Na próxima segunda-feira, Tite irá convocar a seleção brasileira sem seu jogador mais veterano. Aos 35 anos, Daniel Alves disputaria sua terceira Copa do Mundo. Ele foi o capitão da equipe nos amistosos de maior peso, contra Inglaterra e Alemanha – um indício de que poderia ser também em decisões no Mundial, já que Tite costuma rodar a faixa entre o grupo.

Rodrigo Lasmar e Edu Gaspar, coordenador de seleções, chegaram a Paris na quinta-feira e passaram cerca de quatro horas reunidos com Daniel Alves e médicos do PSG, no centro de treinamento do clube. Ao deixarem o local, afirmaram que precisavam de novas avaliações.

Tite recomendou que todas as alternativas fossem esgotadas, em razão da importância do lateral-direito para a equipe. A presença de Edu Gaspar também teve o princípio de demonstrar o respeito pelo lateral e apoiá-lo diante da decisão médica de não convocá-lo.

Fagner (Corinthians), Danilo (Manchester City) e Rafinha (Bayern de Munique) são os favoritos a ocuparem as duas vagas abertas na posição. No domingo, Rodrigo Lasmar vai ao CT do Corinthians para examinar Fagner, que sofreu uma lesão muscular na coxa direita no dia 29 de abril, e desde então não voltou a treinar no campo.

Globo Esporte

Bancos podem ter horário especial em dia de jogo do Brasil na Copa | Blog do BG

O Banco Central publicou circular, nesta quarta-feira (9), para regulamentar o funcionamento das instituições bancárias durante os jogos da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia 2018, que será disputada entre os dias 14 de junho e 15 julho.

A autorização – que vale para bancos múltiplos com carteira comercial, bancos comerciais e as caixas econômicas – prevê que as agências poderão alterar o horário de atendimento ao público, mas deverão garantir funcionamento mínimo de quatro horas ao longo do dia, uma hora a menos do que as cinco horas obrigatórias exigidas para os dias úteis. Além disso, as agências ficam dispensadas do cumprimento do horário ininterrupto de funcionamento, conforme as normas em vigor. Nesse caso, os bancos podem, por exemplo, abrir antes das partidas, fechar no início dos jogos e reabrir as portas após o término das disputas.

O Brasil estreia na Copa contra a Suíça, no dia 17 de junho, um domingo, às 15h, no horário de Brasília, pelo grupo E da competição. A segunda partida será contra a Costa Rica, no dia 22 de junho, sexta-feira, às 9h. O jogo de encerramento da fase de grupos será no dia 27, contra a Sérvia, às 15h. Se chegar às semifinais ou à grande final, no dia 15 de julho, o Brasil ainda poderá jogar outras quatro vezes. A definição das datas dos confrontos das fases seguintes dependem da posição do país na fase de grupos.

O Banco Central determinou que as instituições financeiras deverão informar, com antecedência mínima de dois dias úteis, o horário de atendimento nos dias de jogos da seleção. Os informes deverão ser afixados nas dependências das próprias agências.

Fonte: Agência Brasil

Programa de governo de Fátima Bezerra será inspirado nas administrações de Lula e Dilma

O diretório estadual do PT se reuniu neste sábado (5) para debater diretrizes do plano de Governo, que será apresentado pela senadora Fátima Bezerra para o registro de candidatura.

A proposta que recebeu o nome de “Programa ao povo do RN”, segundo a assessoria da parlamentar, terá inspiração nas gestões Lula e Dilma e ainda em administrações do PT nos estados da Bahia, Piauí e Ceará.

A pré-candidata ao governo, senadora Fátima Bezerra, destacou que a proposta deve ser pautada na seriedade, responsabilidade, “chamando a sociedade a contribuir junto às diretrizes já iniciadas”, e que já é um desdobramento dos seminários “O RN que queremos” promovido pelo partido.

“A grave crise financeira que atravessa o Rio Grande do Norte exige de nós um debate feito com muita seriedade e responsabilidade, sem bravatas e soluções simplistas. O desafio será grande, mas vamos à luta para vencer”, disse Fátima.

As diretrizes preveem que o próximo passo será aprofundar o debate interno com os aliados, academia, movimentos sociais, especialistas e a sociedade em geral para a construção do programa que apresentará à população.

Prazo para regularizar título de eleitor termina dia 9

Brasileiros que ficaram mais de três eleições sem votar ou justificar a ausência têm até a próxima quarta-feira (9) para regularizar a situação. Para efeito dessa contagem, cada turno de um pleito representa uma eleição. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quase 1,9 milhão de eleitores estavam em situação irregular no país em maio de 2017.

O cidadão deve ir ao cartório eleitoral de posse do título de eleitor caso o possua, além de um comprovante de residência e um documento oficial de identificação pessoal que tenha, no mínimo, nome, filiação, data de nascimento e nacionalidade. No caso dos homens, também é necessário levar o comprovante de quitação militar.

Outras solicitações

Também termina na próxima quarta-feira o prazo para que o eleitor que tem 15 anos, mas vai completar 16 anos até a data da eleição e pretende votar, requerer o título. O mesmo dia também é o prazo final para que pessoas com deficiência que necessitam de atendimento especial informem sua situação à Justiça Eleitoral para que sejam remanejadas para uma seção adaptada.

A participação nas eleições é facultativa apenas para analfabetos, pessoas com idade entre 16 e 18 anos ou com mais de 70 anos. Para os demais brasileiros, o voto é obrigatório.

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Agência Brasil

Presidente do Crea-RN discute mutirão de conciliação com presidente do Tribunal de Justiça | Blog do BG

A presidente do Crea-RN, Ana Adalgisa Dias Paulino, propôs ao presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Expedito Ferreira, a realização de mutirão de conciliação para agilizar os processos de execução fiscal que envolvem o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia em todas as comarcas do RN. A proposta foi feita durante uma visita de cortesia da presidente recém-empossada.

“Nossa intenção é facilitar o acesso das pessoas e ao mesmo tempo buscar uma conciliação que atenda as duas partes. O mutirão vai proporcionar isso”, disse a presidente.

O desembargador Expedito Ferreira, presidente do TJRN, acatou o pedido e já solicitou ao setor de Planejamento Estratégico um levantamento do número de processos de execução que envolve o Crea-RN em todas as Comarcas do Estado. “Temos muito interesse nessa ação. . A meta do Tribunal é conciliar, evitar as instâncias superiores e já liberar a pauta”, declarou o presidente.

A prática de buscar a conciliação também já vinha sendo feita pelo Crea-RN mas de forma individual. Na Comarca de Parelhas, por exemplo, dos 17 processos que envolviam a instituição, 13 foram conciliados durante o pautão realizado pela Comarca.

A Assessora Jurídica do Crea-RN, Rakel Xavier, acompanhou a visita e ficará responsável pela programação do mutirão.